Como ter controle financeiro no início da carreira?

Controle financeiro no início da carreira médica, como planejar?

Saiba a importância de um especialista para ajudar a pagar menos impostos e aumentar a sua margem de lucro

Como planejar o controle financeiro no início da carreira? Após enfrentar um vestibular concorrido e passar pelo menos seis anos na faculdade, chega a tão sonhada graduação em Medicina.

Porém, uma das preocupações que pode vir a “tirar o sono” durante todo o período na universidade, além de decidir qual carreira seguir, é se será possível alcançar a estabilidade financeira. Vamos por partes.

Primeiro, essas dúvidas são normais para qualquer pessoa que está saindo da faculdade e entrando no mercado de trabalho, independentemente da área que atua. Mas entende-se que existe uma cobrança maior para quem se formou em Medicina, especialmente pelo alto investimento diante dos demais cursos.

O mercado de trabalho é bastante diverso. Existem plantões, carreira acadêmica, rede pública de saúde, cooperativas, consultórios, ou até mesmo a possibilidade de abrir uma clínica própria. A escolha depende da carreira que o profissional quer seguir, conforme as suas próprias projeções de futuro e investimento. No entanto, independentemente de qualquer decisão, é preciso ter a consciência de fazer uma reserva financeira para utilizar nos momentos de imprevistos.

De acordo com Thaís Carneiro, responsável pela área de médicos recém-formados da Mitfokus, os médicos em inserção no mercado têm uma receita razoável, mas o sucesso financeiro depende de alguns fatores, como a decisão da área em que querem atuar, mas, sobretudo, se dispõem ou não de receitas suficientes para custear as suas despesas e investir seus ganhos, a partir de um planejamento financeiro e regime tributário adequados.

Exemplo prático

De acordo com Thaís, um médico plantonista consegue ter uma receita líquida de, pelo menos, R$ 10 mil mensais. Nesse caso, a melhor maneira de reter o máximo desse valor é optando pelo Simples Nacional.

Vamos supor que você começou na residência e recebe o pagamento como Pessoa Jurídica. Já imaginou as despesas mensais que você tem que cobrir? Custos de casa, participação em seminários, capacitações… É importante colocar tudo isso no papel, incluindo os tributos, para ver quanto irá sobrar! Independentemente do seu rendimento, os boletos chegam e, se não conseguir o dinheiro necessário, você entrará no vermelho.

Agora, imagine outro cenário: você conseguindo economizar nas despesas com planejamento, otimizando os tributos. É isso que uma empresa de contabilidade especializada pode fazer por você.

Isso porque o imposto tem um impacto muito grande na receita líquida, então quanto mais economizar na carga tributária, melhor para o seu bolso. Nesse caso, começar com o pé direito, otimizando os gastos, é uma excelente alternativa para quem está no início da carreira, tanto para a sua organização financeira quanto para a saúde do seu negócio.

Para esse momento, nós, da Mitfokus, temos o mais completo suporte para que você, médico ou médica, consiga alcançar os seus objetivos, ter controle um bom financeiro e sucesso, a partir da sua escolha profissional.

Agora ficou fácil começar a sua organização financeira e investir no seu futuro, não é mesmo? Preencha o formulário e logo em seguida entraremos em contato com você.

Deixe um comentário