Conteúdo para Médicos

Guias de conteúdo para impulsionar a sua carreira médica.

Entenda tudo sobre o processo de abertura de empresa e como começar a receber pelos plantões.

Esteja atualizado sobre contabilidade para a área da saúde, que contém especificidades que contadores generalistas não compreendem.

Saiba como você pode reduzir impostos por meio de um planejamento tributário eficiente.

Descubra como a tecnologia pode impulsionar a sua carreira médica, com ferramentas que otimizam tempo e dinheiro.

Com os guias da Mitfokus, você estará informado e atualizado sobre essas questões essenciais, para uma tomada de decisão bem informada e eficaz para a sua eficiência financeira e sucesso em sua jornada médica.

Tecnologia na medicina: a rotina financeira pode ser fácil

Tecnologia na medicina: a rotina financeira pode ser fácil

A rotina financeira e fiscal médica é um desafio, porque consome tempo. E tempo é algo que o médico não tem.

Já pensou em contar com a tecnologia na medicina para facilitar a rotina financeira e contábil?

Alguns desafios comuns do dia a dia da profissão relacionados à gestão do negócio na área da saúde incluem a dificuldade na gestão de documentos, tanto os documentos da empresa quanto aos boletos relacionados à impostos que o médico precisa pagar. 

Consequentemente, é comum que o médico não saiba afirmar quais impostos ele paga e quando deve pagar.

Em relação à emissão de notas fiscais para seus pacientes e para hospitais, essa é uma burocracia em que o médico perde bastante tempo, além de não conseguir acompanhar com precisão o histórico de notas fiscais emitidas 

Além disso, o médico normalmente não consegue responder rapidamente questões básicas, como:

  • Qual é o seu faturamento?
  • Qual é a alíquota efetiva do seu imposto?

Consequentemente, não saber responder na ponta da língua essas questões simples, pode acabar pesando no seu bolso, com o pagamento de impostos a mais para a Receita Federal!

Mas você sabia que esses desafios que o médico enfrenta na rotina financeira e fiscal podem ser solucionados com tecnologia?

A tecnologia na medicina facilita a rotina financeira 

Embora a realidade da gestão contábil e fiscal comum ter burocracia, papéis e dores de cabeça, isso não acontece quando o médico tem uma contabilidade especializada tecnológica. 

Hoje, o médico que conta com a tecnologia como aliada para sua rotina financeira e contábil, ganha tempo, resolve as coisas praticidade e emite notas fiscais com agilidade.

Além disso, se mantem em dia com o pagamento de impostos, acessa seus documentos em poucos cliques e sabe dizer rapidamente qual é o seu faturamento e o quanto paga em impostos. 

Na prática, conheça os benefícios de contar com a tecnologia na medicina para a sua gestão financeira e fiscal. 

Agilidade em emitir notas fiscais 

Já imaginou emitir notas fiscais com poucos cliques de forma segura? 

Com um aplicativo  contábil, você facilmente copia os dados da última nota ou cria uma nova, seguindo um passo a passo super intuitivo. Esse processo leva apenas 1 minuto! 

E ainda, você consegue facilmente acompanhar o histórico de notas fiscais emitidas. 

Agora pense o quanto você poderia otimizar o seu tempo, considerando o alto volume de transações financeiras e emissões de notas.

Não precisa enviar o extrato bancário

Precisa enviar manualmente os extratos bancários? 

Com a solução automatizada, você simplesmente sincroniza os dados da sua conta bancária e não precisa mais enviar mensalmente para o contador. A sincronização é apenas para leitura, ou seja, ainda não permite movimentações.

Acesso rápido aos documentos da empresa médica e boletos de impostos 

A gestão de documentos centralizada em um só lugar, na palma da sua mão. 

Com um aplicativo de contabilidade, você consegue acessar rapidamente os documentos da sua empresa, como o contrato social, por exemplo, com máxima segurança.

Além disso, consegue acompanhar o calendário de impostos do mês e acessar os boletos que irão vencer. Isso leva ao próximo benefício: você não vai esquecer o pagamento de nenhum boleto!

Notificações de vencimento de impostos

Manter os impostos em dia é fundamental para garantir a saúde financeira do seu negócio, e contar com um aplicativo de contabilidade é essencial!

Isso porque é comum médicos esquecerem o pagamento de impostos. Com a tecnologia, você recebe notificações tanto quando um novo boleto é adicionado pelo contador, quanto um boleto estiver próximo do vencimento.

Acompanhamento do faturamento e alíquota de imposto

Por fim, um dos benefícios principais em contar com a tecnologia na medicina para facilitar a rotina financeira: conseguir acompanhar o faturamento e a economia de impostos a apenas um clique! Isso porque ao acessar o aplicativo, já na tela home você consegue visualizar essas informações.

É a facilidade que o médico precisa para entender como está a situação financeira do seu CNPJ!

Apenas um aplicativo de contabilidade te entrega esses benefícios: O Aplicativo Mitfokus!
Tecnologia na medicina: aplicativo facilita rotina financeira do médico

Disponível também na versão web, essa solução tecnológica foi desenvolvida especialmente para médicos, clínicas e consultórios. Com ela, você terá acesso a essas e outras vantagens, para otimizar o seu tempo e garantir a saúde financeira do seu negócio.

Quer saber mais sobre como o aplicativo Mitfokus pode te auxiliar? Solicite informações aqui

Posted by Imprensa Mitfokus in Contabilidade para médicos, Tecnologia na medicina, 0 comments
Como recuperar o dinheiro de impostos na área médica

Como recuperar o dinheiro de impostos na área médica

A carga tributária na medicina é alta, porém 89% dos médicos pagam mais impostos do que deveriam. Você pode ser um deles.

Bom, você pode ter uma boa quantia a recuperar junto ao Fisco. Mas como recuperar o dinheiro de impostos na área médica?

Entenda nesse artigo porque os médicos pagam impostos a mais, como descobrir se você está gastando mais do que deveria e como reverter essa situação, recuperando esse valor.

Por que os médicos pagam mais impostos do que deveriam?

O médico normalmente não se envolve a fundo em sua contabilidade, pois terceiriza esse serviço para uma contabilidade generalista. 

Essa contabilidade atende médicos, mas também atende lojas, supermercados e outros setores. 

Acontece que, existem muitas especificidades na área da saúde, e um contador comum pode desconhecer leis e regras tributárias específicas para médicos.

E terceirizando o serviço para uma contador generalista, o médico fica tranquilo pensando que está tudo bem com a sua contabilidade. 

No entanto, pode não saber responder perguntas básicas sobre o seu CNPJ, como por exemplo:

  • Estou navegando no regime tributário correto?
  • É possível reduzir a alíquota efetiva do meu imposto de renda?

Por não ter conhecimento suficiente sobre o assunto, o médico não consegue questionar sua contabilidade se a empresa está de acordo com as regulamentações do setor. 

Como consequência, o CNPJ do médico pode estar enquadrado no regime tributário errado, pagando uma alíquota de imposto maior, ter inconsistências ou erros na documentação que geram glosas, entre outros.

Somado a isso, por desconhecimento da contabilidade sobre a área médica, o médico deixa de usufruir de incentivos fiscais previstos em lei para reduzir a carga tributária de empresas do setor.

Uma série de erros que acabam gerando grandes perdas financeiras para o médico, e que podem chegar em até R$1.600.000 ao longo de uma carreira.

Como descobrir se paguei impostos a mais ao Fisco?

Você deve entender a sua situação tributária, e a maneira mais assertiva é buscar o auxílio de uma contabilidade especializada na área médica.

Por meio de um diagnóstico tributário, o contador especialista vai entender a sua real situação e identificar os principais ralos financeiros que estão fazendo você pagar mais do que deveria ao Fisco, ou seja, perder dinheiro.  

Você pode fazer um diagnóstico tributário gratuitamente com a Mitfokus. Solicite o seu aqui!

Solicite o seu diagnóstico tributário gratuito e descubra se está pagando mais impostos do que deveria!

Como recuperar o dinheiro de impostos na área médica?

Recuperar o valor pago a mais em tributos como o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), é possível por meio de uma solicitação à Receita Federal.

Por fim, o pedido será deferido ou indeferido após a análise da Receita Federal. E você pode recuperar o valor de impostos pagos a mais nos últimos 5 anos!

Além disso, existe o valor pago ao tributo municipal, o Imposto Sobre Serviços (ISS). O médico também pode estar pagando a mais esse imposto, ou sendo bitributado, quando presta serviços em mais de uma cidade.

Sendo assim, o processo para solicitar uma restituição envolve uma análise fiscal bastante complexa. O cálculo é realizado sobre os últimos 5 anos via esfera administrativa.

Será feita uma apuração e reavaliação das notas fiscais, a base do imposto será recalculada, e também será necessário reenviar todas as obrigações acessórias. 

Por fim, o pedido será deferido ou indeferido. E você pode recuperar o valor de impostos pagos a mais nos últimos 5 anos!

Além disso, existem os valores pagos aos tributos municipais, como o Imposto Sobre Serviços (ISS).

O médico também pode estar pagando a mais esse imposto, ou sendo bitributado, quando presta serviços em mais de uma cidade.

Nesses casos, recomenda-se a judicialização para recuperar os valores. A Mitfokus realiza todo esse processo por meio da consultoria tributária. 

A importância de uma contabilidade especializada na área médica

A saúde financeira é extremamente importante os médicos conseguirem ter mais tempo e dinheiro para investir com a família, viagens, compra de bens materiais e realização de sonhos.

Então se você deseja ter um fluxo de caixa saudável e lucros maiores para ter uma renda passiva, investir nos seus sonhos ou programar a sua aposentadoria, após realizar a consultoria tributária, recomenda-se a migração de contabilidade. 

Uma contabilidade médica vai realizar um planejamento tributário eficiente para o seu CNPJ, adaptado às particularidades do setor e município, para evitar novas perdas de dinheiro que podem comprometer a sustentabilidade econômica do seu negócio e, consequentemente, a sua qualidade de vida. 

Para saber mais sobre a contabilidade da Mitfokus, acesse aqui

Posted by Mitfokus in Conteúdo para Médicos, 0 comments
IRPJ: saiba como reduzir a carga tributária na área médica

IRPJ: saiba como reduzir a carga tributária na área médica

Em janeiro vence o Imposto Trimestral, saiba como reduzir a carga tributária para médicos e clínicas.

No dia 31 de janeiro, médicos e clínicas constituídos como pessoa jurídica enquadrados no regime tributário de Lucro Presumido, vão realizar o primeiro pagamento de tributos federais de 2024. O IRPJ e o CSLL são um imposto alto e com apuração trimestral.

No entanto, médicos e clínicas podem reduzir a carga tributária médica em até 70% ao ano. 

O que é o Imposto Trimestral?

No regime tributário de Lucro Presumido, o Imposto Trimestral inclui o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). Esses impostos são fixos e apurados de formas diferentes. Porém são muito altos porque soma-se o faturamento de 3 meses.

Médicos e clínicas pagam mais impostos do que deveriam

89% dos médicos pagam tributos a mais, gerando enormes perdas financeiras ao longo de uma carreira.

A Mitfokus Contabilidade Médica, fez um levantamento baseado em seu histórico de atuação, que estima até R$1,2 bilhão de custos com impostos de forma desnecessária

Ao não contar com os serviços de uma contabilidade especializada na área da saúde, os médicos normalmente não recebem orientação sobre benefícios que reduzem a carga tributária na medicina.

Consequentemente, deixam de aproveitar benefícios fiscais previstos em lei que geram economia financeira com segurança a esses profissionais e seus negócios.

Como reduzir o valor do seu Imposto Trimestral?

No caso de médicos e clínicas que realizam exames, procedimentos ou cirurgias, a legislação os equipara a serviços hospitalares. Algo que garante um tratamento diferenciado em termos de tributação. 

Ou seja, se você ou a sua clínica investe em procedimentos, realiza exames ou cirurgias, pode pagar menos impostos em conformidade com a lei. 

Na prática, aplicando o benefício com o auxílio de uma contabilidade médica, a base de cálculo da presunção de lucro para a cobrança do IRPJ e o adicional do Imposto de Renda é reduzida de 32% para 8%. 

Além disso, a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido também sofre redução, de 32% para 12%. E isso, reflete na diminuição da carga tributária. 

No entanto, existem alguns requisitos para aproveitar esse benefício fiscal, que podem variar de acordo com a região em que o médico está, e também com a legislação, em constante mudança. 

Nesse sentido, você precisa entender quais são os requisitos e procedimentos necessários para aplicar o benefício em seu negócio. 

A área da saúde possui regras tributárias específicas e por isso, você deve buscar o auxílio de uma contabilidade especializada no setor para conseguir aproveitar não apenas esse, mas também outros benefícios fiscais para reduzir a carga tributária médica com segurança.

O momento certo para pedir auxílio de uma contabilidade médica é agora

Esse mês em que vence o lmposto Trimestral, é o momento ideal para buscar o auxílio de uma contabilidade especializada na área médica.

Nesse sentido, a Mitfokus auxilia médicos e clínicas a aproveitarem benefícios tributários com segurança, realizando um planejamento tributário eficiente com foco na saúde financeira médica a longo prazo. 

Além disso, realiza o processo de requerer revisão de impostos, para reaver o dinheiro pago em tributos a mais nos últimos 5 anos. 

Se você quer reduzir o seu imposto com segurança e em conformidade com a lei, fale com um especialista da Mitfokus clicando aqui.

Posted by Mitfokus in Conteúdo para Médicos, Pagar menos impostos, 0 comments
Curso Planejamento Financeiro para Clínicas: Eleve os lucros do seu negócio

Curso Planejamento Financeiro para Clínicas: Eleve os lucros do seu negócio

Domine técnicas de gestão financeira e estratégias para absorver os impactos da Reforma Tributária e aumentar a lucratividade da sua clínica.

O ano de 2024 será desafiador para clínicas e consultórios médicos, especialmente com as mudanças nas regras tributárias oriundas da Reforma Tributária promulgada no Congresso Nacional em dezembro de 2023. 

Neste cenário, a CEO da Mitfokus, Júlia Lázaro, lança o curso “Planejamento Financeiro para Clínicas“. Com vagas limitadas, essa é uma grande oportunidade para médicos e gestores que buscam transformar suas clínicas em negócios mais lucrativos.

Por que o Curso de Planejamento Financeiro é essencial para a sua clínica em 2024?

Esse ano começa a transformação tributária na saúde. Para clínicas e consultórios médicos, isso significa a necessidade de adaptação rápida.

Logo, o curso ministrado por Júlia oferece estratégias práticas para não apenas sobreviver neste novo cenário, mas prosperar, e conquistar eficiência financeira a longo prazo.

A Experiência e expertise de Júlia Lázaro

Júlia é mentora e palestrante. Com mais de 20 anos de experiência em finanças e como CEO da Mitfokus, uma fintech de contabilidade médica digital, seu histórico de sucesso em auxiliar centenas de clínicas a alcançar eficiência financeira é um testemunho da qualidade e relevância de suas mentorias. 

O que você vai aprender no Curso de Planejamento Financeiro para Clínicas?

O conteúdo do curso foi cuidadosamente estruturado para abordar aspectos cruciais da gestão financeira. O seleto grupo de médicos e gestores aprenderá a:

  • Avaliar histórico e dados financeiros: Uma compreensão profunda do passado financeiro da clínica é essencial para planejar o futuro.
  • Identificar ralos financeiros: Aprender a detectar e corrigir perdas financeiras que prejudicam o lucro.
  • Fazer projeções de receitas, custos e despesas: Um elemento chave para qualquer planejamento financeiro bem-sucedido.
  • Contabilidade estratégica e planejamento tributário: Com a Reforma Tributária, esta habilidade é ainda mais relevante do que nunca.
  • Elaborar e analisar a DRE: Uma ferramenta crucial para entender a saúde financeira da clínica, e mais!

Além disso, o curso inclui um bônus especial: um plano prático de implementação com material de acompanhamento realizado x planejado.

Como garantir a sua vaga?

As vagas para o curso “Planejamento Financeiro para Clínicas” já estão abertas, com um investimento de R$397. Esse é um investimento no futuro do seu negócio. 

Não perca esta oportunidade de transformar sua clínica em um negócio mais lucrativo em 2024. Para garantir a sua vaga, clique aqui.

Posted by Mitfokus in Pagar menos impostos, 0 comments
O que o médico precisa saber antes de solicitar um empréstimo?

O que o médico precisa saber antes de solicitar um empréstimo?

Solicitação do recurso, se não tiver uma análise prévia feita por um especialista, pode resultar em dívidas e riscos de perdas de bens

O que o médico precisa saber antes de solicitar um empréstimo? Essa é uma dúvida bastante comum, e são vários os motivos que levam o profissional da área da saúde a solicitar um.

Seja para abrir sua própria clínica ou consultório, fazer uma especialização, pagar dívidas, entre outros. Na prática, o crédito pessoal pode ser uma boa opção para o profissional da saúde em diferentes momentos da sua vida, vez que a taxa de juros geralmente é menor do que em outras modalidades. 

Mas, antes de falar se essa é ou não uma boa opção, é importante esclarecer o conceito de empréstimo, uma expressão amplamente conhecida no Brasil. 

O que é um empréstimo bancário?

Na prática, se trata da concessão de dinheiro por uma instituição financeira a uma pessoa, seja física ou jurídica. 

Em contrapartida, o banco ou instituição que disponibiliza os fundos espera receber o montante de volta, com pagamentos parcelados e juros. 

Antes de liberar o valor solicitado, é necessário cumprir certos critérios, incluindo a assinatura de um contrato que estabelece penalidades significativas por atrasos. 

Além disso, a pessoa que busca o empréstimo precisa atender a alguns requisitos, como não ter dívidas financeiras ou tributárias. E isso vale, inclusive, para os médicos recém-formados.

Empréstimos x financiamentos

Você pode se confundir entre empréstimo e financiamento, acreditando que ambos são termos equivalentes. Entretanto, essa não é a realidade. 

Como citado anteriormente, um empréstimo envolve a concessão de crédito para que o cliente possa utilizar o dinheiro como preferir. 

Já um financiamento tem um propósito específico definido antecipadamente, como a aquisição de uma casa própria ou um veículo, por exemplo.

Geralmente, os financiamentos têm valores mais elevados. Portanto, as instituições financeiras, antes de concederem o bem, solicitam alguma garantia de que o pagamento será feito dentro do prazo estipulado. Neste caso, as taxas de juros são menores.

Assim, é comum que a burocracia para a aprovação de um financiamento seja substancialmente maior em comparação ao empréstimo. 

Frequentemente, o empréstimo demanda apenas um comprovante de renda, além dos documentos essenciais como RG, CPF e comprovante de residência.

Custos

Cada empréstimo possui um custo que varia conforme o montante solicitado e a taxa de juros atual estabelecida pela instituição financeira. 

Além disso, esses juros aumentam à medida que o tempo de pagamento do empréstimo se estende. 

Embora os prazos possam chegar a 60 meses, as instituições financeiras costumam oferecer as simulações comuns para parcelamentos de até 48 vezes.

Além das penalidades por atraso ou falta de pagamento, muitas instituições financeiras requerem uma garantia, como um bem, para conceder um empréstimo. 

Portanto, antes de solicitar um empréstimo, todo médico deve considerar uma coisa: o montante total a ser pago de volta será sempre consideravelmente maior do que o valor inicialmente solicitado. 

Além disso, é importante refletir sobre a possibilidade de que usar um empréstimo para quitar uma dívida possa, de fato, resultar em um aumento ainda maior da dívida. Pondere bem esses aspectos.

Portanto, antes de solicitar um empréstimo, o melhor que o médico pode fazer é analisar todas as contas, observando se o pagamento das parcelas não vai afetar mais do que 30% de sua renda.

O que fazer antes de solicitar um empréstimo?

É importante salientar que a taxa média de juros cobrada para empréstimo pessoal pelos principais bancos brasileiros foi de 7,99% ao mês em agosto deste ano, um acréscimo de 0,34 ponto percentual em relação ao mês anterior, que ficou no patamar de 7,65% [julho de 2023].

A Mitfokus Contabilidade Médica recomenda que os médicos se façam algumas perguntas importantes antes de assinar um contrato de empréstimo. 

Essas perguntas são fundamentais para avaliar a verdadeira necessidade do recurso adicional, garantir que o tomador do empréstimo esteja agindo com responsabilidade e auxiliar na tomada de decisões financeiras conscientes e informadas:

  • Minha renda mensal me permite pagar cada parcela pontualmente, sem atrasos?
  • Caso eu enfrente uma emergência financeira, como planejo quitar o empréstimo?
  • Vale a pena o esforço despendido considerando os juros envolvidos?

Depois dessas questões devidamente respondidas, se o médico achar que vale mesmo a pena pegar um empréstimo, o passo seguinte é pesquisar as melhores taxas de juros entre as instituições financeiras com credibilidade no mercado. 

Outro conselho importante é ler o contrato com muita atenção, analisando cada detalhe e tirando dúvidas.

Ao saber exatamente o que médico está assinando, é possível conseguir garantir o cumprimento dos direitos e deveres entre cliente e instituição financeira.

Evite problemas ao pedir um empréstimo

O grupo Mitfokus oferece recursos para que os profissionais da saúde que precisam tomar empréstimo evitem problemas que poderiam ser sanados no momento da análise do documento. 

Dessa forma, os especialistas da Mitfokus analisam se não há outro meio de se conseguir ampliar as finanças, sem correr riscos que muitas vezes são desnecessários.

Outro recurso ofertado pelo grupo Mitfokus para auxiliar o médico, é o planejamento tributário

Com ele, o médico consegue identificar as melhores opções de deduções, que são abatimentos de valores na base de cálculo do imposto devido aos cofres públicos, bem como aproveitar benefícios fiscais previstos em lei, reduzindo legalmente os custos operacionais da sua empresa.

Portanto, a consequência de uma melhor organização fiscal, é a otimização das finanças, o que garante ao médico mais vantagem competitiva. 

Assim, os recursos poupados podem ser reinvestidos em áreas-chave para fazer o negócio prosperar em termos de pesquisa, tecnologia, desenvolvimento, e estrutura para enfrentar a concorrência e se manter no mercado. 

Agora que você já sabe tudo o que o médico precisa saber para solicitar um empréstimo, entre em contato com a Mitfokus clicando aqui, para fazer o seu planejamento tributário. 

Posted by Imprensa Mitfokus in Contabilidade para médicos, Conteúdo para Médicos, 0 comments
A importância da saúde financeira para os médicos

A importância da saúde financeira para os médicos

Para ter sucesso na área médica não basta apenas uma excelência clínica, mas também uma boa gestão financeira.  

Você sabe qual a importância da saúde financeira para os médicos? Uma carreira financeiramente saudável está diretamente ligada a uma prática médica sustentável e também a uma melhor qualidade de vida ao profissional da área da saúde. 

Nesse sentido, na semana em que celebramos o Dia do Médico, confira a importância da saúde financeira na área médica em diversos aspectos.

A sustentabilidade do seu negócio na área da saúde

Com uma boa gestão financeira, você tem um fluxo de caixa saudável. Isso permite que a sua clínica consiga operar com tranquilidade, pagar fornecedores, impostos e outros encargos em dia. 

Além disso, pode investir mais no seu negócio, comprando equipamentos e tecnologia para otimizar a gestão da clínica e melhorar o atendimento ao paciente.

Se você tem saúde financeira, consegue ainda criar uma reserva de emergência para imprevistos ou tempos difíceis. Garantindo assim, que a sua clínica esteja segura, e você também.

Ademais, sem preocupações financeiras, você pode se concentrar em exercer sua profissão com maestria e melhorar os processos da clínica, oferecendo um serviço de maior qualidade.

Educação continuada e qualidade de vida além da profissão 

Com uma boa gestão financeira na clínica, consequentemente você terá lucros maiores, garantindo uma boa renda. Com essa renda, você tem estabilidade para investir seu tempo e dinheiro em questões importantes além da prática médica.

Como por exemplo, a sua educação continuada. Uma vez que, é fundamental que o médico busque atualização profissional em cursos, conferências e seminários a fim de oferecer diagnósticos mais precisos e tratamentos avançados aos pacientes.

Além disso, com uma clínica financeiramente saudável, você consegue ter processos bem estabelecidos e uma equipe bem preparada, para que você possa dedicar tempo de qualidade a sua família.

No mais, é essencial aproveitar a vida além da profissão. Com saúde financeira, você pode investir o seu tempo em viagens, hobbies, entre outros.

Aposentadoria garantida

Com saúde financeira, você pode reinvestir os lucros e criar fontes de renda passiva em outras clínicas, negócios ou até mesmo com investimentos no mercado financeiro. Conseguindo portanto, programar sua aposentadoria de diversas formas com tranquilidade.

Em se tratando de planejamento tributário, um plano de aposentadoria interessante é o PGBL.

Você pode fazer contribuições para o plano, e o valor dessas contribuições é deduzido do Imposto de Renda (IR) no ano em que são feitas, até o limite de 12% da renda bruta anual tributável.

Logo, investindo no PGBL, o médico reduz sua base tributável, algo que pode resultar em um menor pagamento de IR ou no reembolso de impostos.

Nesse sentido, é necessário contar com os serviços de uma contabilidade médica para a ter saúde financeira

Os custos associados à prestação de serviços na área da saúde e manutenção de clínicas são geralmente altos, e 89% dos médicos pagam mais impostos do que deveriam.

Sendo assim, é fundamental que você conte com os serviços de uma contabilidade especializada na área médica para ter saúde financeira.

Isso porque especialistas no setor entendem as complexas regras tributárias médicas e conhecem benefícios fiscais que vão garantir que você pague menos impostos em conformidade com a lei.

E assim, você consegue ter eficiência financeira para garantir a sustentabilidade do seu negócio, uma excelente qualidade de vida e uma aposentadoria tranquila.

Agora que você entendeu a importância da saúde financeira para os médicos, reflita: será que você está pagando mais impostos do que deveria?

Para descobrir, solicite agora seu diagnóstico tributário gratuito com a Mitfokus, clicando aqui.

Posted by Mitfokus in Contabilidade para médicos, Conteúdo para Médicos, Pagar menos impostos, 0 comments
O início da carreira médica pode ser um grande desafio

O início da carreira médica pode ser um grande desafio

Médico recém-formado ganha em média R$ 7.500 por mês, mas se ele não souber administrar o dinheiro, acaba trabalhando apenas para pagar contas.

Os desafios do início da carreira médica são muitos, a começar pela descoberta prática da área e o caminho que deseja seguir. 

Após seis anos de faculdade, é natural que os médicos recém-formados se sintam inseguros. Mesmo recebendo preparo técnico e prático para atuação e essa ser uma carreira com alto índice de empregabilidade, sentimentos de insegurança e incerteza são naturais.

Tudo porque, como o médico trabalha diretamente com a saúde e bem-estar das pessoas, sua atividade é de grande responsabilidade. 

E o profissional da área da saúde pode escolher entre diversos caminhos logo no início de carreira, como residência médica, especialização, concurso público ou iniciar como plantonista com um Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ). Com tantas opções fica a pergunta: “Qual trajetória seguir?”.

Iniciando a carreira com a escolha da atividade médica

É comum ter dúvidas a respeito de onde atuar desde a conquista do CRM. E por isso, é fundamental planejar os próximos passos, afinal, são eles que definirão a trajetória médica a longo prazo. 

Sendo assim, com o registro do conselho da classe em mãos, o médico recém-formado fica habilitado para atuar como generalista. 

Na condição de clínico geral ou médico generalista, o recém-formado pode atuar no próprio espaço ou prestar serviços para clínicas ou consultórios particulares, laboratórios, hospitais, serviços municipais de saúde, como nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ou Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e até mesmo prestar atendimento pela internet através da telemedicina.

Para médicos e outros profissionais que não podem ser enquadrados como Microempreendedor Individual (MEI), uma opção é abrir um CNPJ optando pela Sociedade Unipessoal Limitada (SLU), que permite atuar como sócio único. 

O próximo passo é conferir na Classificação Nacional das Atividades Econômicas (CNAE) quais atividades são compatíveis com a sua natureza de atuação. Neste aspecto, é indispensável prestar atenção em um fato: a remuneração do médico vai variar segundo o modelo tributário que ele optar. A começar pelo imposto de renda, que difere de pessoa física para jurídica. 

Logo, mesmo atuando como empresa, ele terá que cumprir com obrigações fiscais de pessoa jurídica, mas sem deixar de lado, suas incumbências como pessoa física.

Nesse sentido, é indispensável contar com o apoio de uma contabilidade especializada na área médica

Dados divulgados pelo Ministério da Economia, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o rendimento de um médico recém-formado está em torno de R$ 7.500,00. 

Todavia, o médico não tem garantia em sua profissão de saúde financeira à longo prazo.

A importância da contabilidade especializada no início da carreira médica

Como as leis fiscais são complexas e estão em constante mudança, é difícil para o médico empreendedor acompanhar as atualizações e compreender tais nuances. 

Nesse sentido, erros podem acontecer e resultam em complicações como multas e penalidades. 

Portanto, uma contabilidade médica saberá como aplicar corretamente as regras fiscais e impulsionar a empresa.

Além disso, receber orientações de especialistas no início de carreira são fundamentais, porque oferecem suporte ao planejamento para os anos subsequentes.

E como a área de finanças não é o foco da formação médica, contar com o auxílio de especialistas no assunto vai garantir que o médico tenha saúde financeira a longo prazo.

E é justamente isso que a Mitfokus Contabilidade Médica faz: em 7 anos de experiência no mercado da saúde, a empresa foca suas ações em traçar diretrizes, contando com os mais avançados recursos tecnológicos, para os médicos se posicionarem no mercado, atuando, do ponto de vista financeiro, com extrema saúde.

Se você está iniciando a carreira médica agora, clique aqui e entre em contato com um consultor da Mitfokus para receber o auxílio necessário para iniciar a carreira médica com segurança. 

Posted by Mitfokus in Abertura de CNPJ médico, Contabilidade para médicos, Conteúdo para Médicos, 0 comments
Como uma contabilidade médica online facilita a rotina da clínica?

Como uma contabilidade médica online facilita a rotina da clínica?

Entenda como uma contabilidade médica online pode otimizar a sua clínica, com a simplificação de diversas tarefas.

Para uma clínica médica gerar competitividade no mercado, é fundamental saber administrar os processos internos. São muitas as informações e encargos e é natural que os médicos precisem de auxílio. Assim, para sanar essa dor do mercado existe a contabilidade médica online.

Hoje, pode ser um desafio manter o negócio em dia com as obrigações fiscais e financeiras, as folhas de pagamento dos funcionários organizadas, bem como as estratégias para lucros e expansão do negócio.

Porém, com uma assessoria contábil especializada na área médica e o apoio da tecnologia, você pode ficar tranquilo. 

O que é uma contabilidade médica online?

A área da saúde possui regulamentações e especificidades que uma contabilidade comum não entende. 

Dessa forma, uma contabilidade médica online oferece serviços com foco na saúde financeira da clínica, a partir do entendimento da complexidade das regras tributárias e das particularidades da área.

Somado a isso, com tecnologia uma contabilidade médica oferece ao médico gestor ferramentas de gestão contábil e financeira  

Um recurso que pode ser acessado em qualquer momento por smartphones ou notebooks para simplificar os processos no dia a dia da clínica.

Mas as vantagens de uma contabilidade médica online não se resumem a essas. Confira agora, outros benefícios para a sua clínica médica.

Diminuição de erros

Há mais precisão na hora de executar os serviços contábeis e financeiros, como entrega de obrigações acessórias e fluxo de caixa, identificando — e corrigindo fenômenos — que colocam em risco o patrimônio empresarial.

Agilidade e segurança

A gestão de todos os documentos, como contrato social, guias de ISS, guia de DAS, notas fiscais, entre outros, em um só lugar, com fácil acesso e segurança é primordial.

Essa organização proporciona ao médico o cumprimento das diferentes determinações legais, fiscais e administrativas, facilidade para fins de informação ou pesquisa.

Além disso, com uma contabilidade médica online, o médico gestor consegue emitir notas fiscais rapidamente por meio de tecnologias como o aplicativo Mitfokus, em que é possível copiar os dados da última nota fiscal, ou seguir o passo a passo na própria ferramenta. 

Atendimento das legislações de maneira mais precisa

A contabilidade médica online oferecendo dados em tempo real das empresas médicas, é fundamental para que o médico administre o negócio legalmente.

Somado a isso, que o gestor da clínica possa tomar decisões inteligentes sobre seu negócio.

Sem multas e penalidades

Para uma clínica existir é necessário que toda a documentação esteja em dia, mantendo em ordem todos os registros de operações e transações. 

Sem esse cuidado, a empresa pode sofrer penalidades fiscais, por apresentar informações equivocadas, não entregar os documentos no prazo estipulado ou até mesmo perder os prazos para pagamento de impostos. 

Neste quesito, o aplicativo Mitfokus envia notificações de vencimentos, assim os médicos conseguem se organizar para não perder os prazos de pagamento desses impostos.

A ferramenta também oferece um calendário de impostos, para o médico verificar quais boletos irão vencer no mês, e agendar o pagamento, evitando assim multas e juros.

Aumento da produtividade

Na plataforma Mitfokus, a visualização de relatórios por consultas e/ou localidade, faz com que a produção médica de cada profissional se torne visível e compreensível.

Além disso, os documentos geram informações completas acerca do pagamento de cada médico, já com os descontos das variáveis com impostos proporcionais.

Dessa forma, a Mitfokus orienta os médicos às melhores formas de atuação, e ajuda a eliminar processos que consomem o tempo e não agregam valor ao serviço final. 

Uma vez que o tempo dispensado em questões contábeis, para os médicos empreendedores, é reduzido, ele consegue se dedicar de forma mais completa ao seu negócio e aos pacientes.

Portanto, com a ferramenta de gestão financeira e contábil da Mitfokus na palma da mão, as rotinas da clínica são simplificadas.

Tecnologia aliada ao atendimento personalizado de um time contábil

A Mitfokus Contabilidade Médica foca ainda todo seu trabalho no atendimento humanizado, oferecendo ao médico uma experiência única e personalizada.

Assim, a empresa cria tecnologias para facilitar os processos, mas priorizando a experiência do cliente, acompanhada de perto por um time de especialistas em finanças médicas. 

Quer saber mais sobre os serviços da Mitfokus? Clique aqui.

Posted by Imprensa Mitfokus in Contabilidade para médicos, 0 comments
Contrato social: 11 cuidados ao formalizar a abertura de empresa

Contrato social: 11 cuidados ao formalizar a abertura de empresa

Descubra os principais cuidados que o médico precisa ter ao abrir sua empresa na área da saúde

O mercado de trabalho na área médica é bastante diverso. Porém, a principal escolha dos médicos recém-formados é pela abertura da própria empresa. Sendo assim, a elaboração do contrato social para a formalização do negócio exige uma série de cuidados que você verá a seguir. 

Essa é uma jornada que envolve empreendedorismo, inovação e a capacidade de moldar o futuro da saúde. Logo, os profissionais médicos que desejam abrir uma empresa precisam ter atenção redobrada, assegurando a conformidade e o cumprimento de requisitos legais e fiscais pertinentes à sua formalização.

Portanto, elaborar um contrato social exige uma série de cuidados que você conhecerá agora.

Objetivo Social

No documento deve constar quais serão os serviços da PJ médica e a atividade que a empresa irá desempenhar. Para isso, é necessário consultar a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), Nessa etapa é fundamental descrever qual a atividade a empresa vai exercer.  

Caso haja dúvidas na definição, vale consultar o enquadramento do CNAE, instrumento de padrão nacional que define as atividades econômicas por meio de códigos e resumo da função.  

 Divisão de poderes e trabalho  

Para que a empresa funcione de maneira eficaz, é crucial estabelecer com clareza as responsabilidades de cada sócio. 

Isso inclui definir qual será a contribuição de cada um para o capital social no início da sua empresa, quais decisões podem ser tomadas por cada sócio, como será distribuída a participação nos lucros e perdas e se haverá pagamento de pró-labore aos sócios desempenharem papéis específicos, sejam eles relacionados à prestação direta de serviços médicos ou funções administrativas.

Logo, essa clareza contratual promove um ambiente de negócios mais justo e equitativo, e também protege os interesses de todos os envolvidos, reduzindo potenciais conflitos no futuro. 

Da mesma forma, ajuda a assegurar que a empresa médica esteja em conformidade com a legislação e regulamentações aplicáveis, o que é crucial em um setor tão sensível como o da saúde.

Registro no Órgão de Classe  

Todas as atividades médicas estão sujeitas a regulamentações específicas do Conselho Regional de Medicina. Certifique-se de que a empresa esteja registrada nos órgãos competentes e cumpra todas as exigências legais.

Nome Empresarial

Escolher o nome empresarial é muito importante. Isso porque você precisa definir bem para que os pacientes possam lembrar com facilidade. 

Acima de tudo, o nome precisa estar em conformidade com as regras dos órgãos regulatórios e de registro. Muitas vezes, nomes que induzem a erro ou dão a entender especializações que os sócios não possuem são proibidos.

Outra providência importante é o registro da sua marca no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). A saber, o registro no INPI garante exclusividade do uso do nome da empresa, traz credibilidade e evita que outras empresas utilizem nomes semelhantes que podem afetar a reputação de sua empresa. 

Participação de Terceiros

Nesse sentido, se houver participação de investidores ou sócios não-médicos, é importante definir claramente qual será o seu papel na empresa, uma vez que certas atividades e decisões podem ser restritas a profissionais de saúde.

Regulamentações e Licenças

Confira todas as licenças e autorizações específicas necessárias para a prática da medicina, de acordo com o município. Entre elas, as taxas de licença para abertura do espaço, emissão do alvará de funcionamento, licença do corpo de bombeiros, certificado de limpeza urbana, entre outras documentações.

Ética profissional

A empresa deve funcionar respeitando os princípios éticos profissionais.

Sendo asssim, o contrato deverá incluir cláusulas relacionadas à ética e aos padrões profissionais que os médicos e outros profissionais de saúde da empresa devem seguir.

Responsabilidades

O contrato deve constar questões como as de responsabilidade legal e financeira em caso de processos judiciais, reclamações de pacientes ou outras situações similares.

Se um cliente entrar na justiça por algum motivo, é preciso que a clínica esteja preparada para se defender, e essa proteção começa com o contrato social.

Cessão de cotas e saída da sociedade

Nesse sentido, o documento da sua empresa precisa prever os procedimentos que deverão ser realizados em caso de venda ou transferência de cotas entre os sócios, bem como, os passos que devem ser seguidos em caso de saída de um sócio da empresa.

Alterações contratuais

No contrato social devem constar alterações contratuais futuras, especificando se será necessária a aprovação unânime dos sócios ou se existem outras regras para essas modificações.

Resolução de Conflitos

Conflitos entre sócios ocorrem com frequência, seja por um relacionamento profissional desgastado ou por falta de alinhamento entre ambas as partes.

Assim sendo, para proteger a sua organização é fundamental que o contrato social da sua PJ médica prevejam cláusulas que preveem como serão tratados os conflitos entre os sócios e quais os procedimentos para solucioná-los, como mediação ou arbitragem.

Você precisa avaliar muitos detalhes antes de abrir um negócio.

Dessa forma, conte com o auxilio de uma contabilidade médica. Além de fazer a abertura da sua empresa, a Mitfokus redige o contrato social de sua PJ médica a partir das informações levantadas.

Isso inclui cláusulas baseadas na ética e nos padrões profissionais que outros profissionais de saúde da empresa devem seguir. Isso preserva a empresa e proporciona uma base sólida para o funcionamento do negócio.

Abra a sua empresa médica com a Mitfokus clicando aqui.   

Posted by Imprensa Mitfokus in Abertura de CNPJ médico, Conteúdo para Médicos, 0 comments
Planos de saúde: vale a pena cadastrar na sua empresa médica?

Planos de saúde: vale a pena cadastrar na sua empresa médica?

Listamos os prós e contras para te ajudar a tomar essa decisão

Mais de 50 milhões de pessoas. Este é o número dos beneficiários de planos de saúde somente nos estados São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS/2022). 

Portanto, quem atua como médico Pessoa Jurídica deve estar se perguntando: vale ou não a pena cadastrar planos de saúde na minha empresa?

A resposta para essa pergunta é muito ampla e implica em uma série de fatores. Por isso, listamos as vantagens e desvantagens para te auxiliar.

Vantagens em cadastrar planos de saúde na sua empresa

Aumento na base de clientes

Os planos de saúde são uma fonte de renda mais assertiva, especialmente para profissionais em início de carreira, devido à maior quantidade de clientes.

Logo, oferecem uma base de pacientes substancial. Ao aceitar esses planos, os médicos têm a oportunidade de atender a um número maior de pacientes, o que pode aumentar sua visibilidade e experiência profissional.

Inclusive, algumas empresas oferecem planos de saúde para seus funcionários. Ao aceitar esses planos, os médicos têm a oportunidade de atender a esses grupos corporativos, o que pode gerar uma fonte adicional de pacientes.

Diversificação de receita

A combinação de pacientes particulares e aqueles que utilizam planos de saúde podem criar uma base de receita diversificada, aumentando o fluxo de clientes e contribuindo para maior lucro da empresa.

Fidelização

Dessa forma, ao aceitar o serviço, o médico pode construir relacionamentos a longo prazo com os pacientes, o que pode levar a uma maior retenção daqueles que costumam buscar os mesmos profissionais para seus cuidados médicos, aumentando a fidelização.

Networking

Ao fazer parte da rede de prestadores de um plano de saúde, os médicos têm a chance de interagir com outros profissionais de saúde e até mesmo fazer parcerias. Isso gera uma oportunidade de networking e colaboração de profissionais.

Ainda que, aceitar planos de saúde possam trazer vários benefícios para médicos que atuam como Pessoa Jurídica (PJ), também existem alguns pontos negativos e desafios associados a essa decisão.

Desvantagens em cadastrar planos de saúde na sua empresa

Valor do reembolso

O reembolso dos planos de saúde para as clínicas parceiras é aquém dos honorários particulares. Isso pode reduzir a receita por paciente atendido e impactar a rentabilidade do consultório ou clínica.

Pressão

Além disso, para compensar os baixos valores de reembolso, o médico pode precisar atender um grande volume de pacientes, o que pode afetar a qualidade do atendimento e o tempo disponível para cada paciente.

Processos burocráticos

Acima de tudo, o processo de faturamento e reembolso dos planos de saúde são mais complexos e burocráticos. Isso exige um tempo considerável dedicado à administração, envio de documentos e resolução de possíveis problemas.

Atrasos

Algumas operadoras de planos de saúde podem atrasar os pagamentos aos prestadores de serviços, o que pode afetar o fluxo de caixa do consultório ou clínica.

Restrições

Ademais, alguns planos de saúde podem impor restrições a certos tratamentos, medicamentos ou procedimentos. Logo, isso pode limitar as opções de cuidados que o médico pode oferecer aos pacientes.

O que fazer antes de tomar sua decisão?

Antes de tomar qualquer iniciativa, é importante que você avalie cuidadosamente os pontos negativos e positivos, considerando seus objetivos, metas e missão. Essa análise detalhada fará toda a diferença na decisão e no seu propósito profissional.   

Sendo assim se você ainda tem dúvidas e não está convencido sobre qual a melhor opção, não se preocupe. A equipe Mitfokus está disponível para esclarecimentos adicionais. 

Posted by Imprensa Mitfokus in Conteúdo para Médicos, 0 comments
Aplicativo Mitfokus: Simplifique a gestão da sua PJ médica

Aplicativo Mitfokus: Simplifique a gestão da sua PJ médica

Aplicativo Mitfokus facilita a emissão de notas fiscais e mantém os impostos em dia

Conheça o aplicativo Mitfokus para tornar a gestão financeira e contábil da sua PJ médica mais dinâmica, ágil e acessível, facilitando o dia a dia.

Nossa nova solução é mais uma inovação para entregar a você facilidade e economia de tempo, sendo a única que faz a emissão das notas fiscais com as alíquotas de imposto otimizadas, simplificando o processo fiscal.

Assim, você consegue emitir suas notas com poucos cliques, como afirma um de nossos clientes: “Super fácil de usar, emiti nota fiscal em 1 minuto”, destacando a praticidade que ganhou com uso da ferramenta.

Simplifique a gestão financeira e contábil da sua PJ médica com o aplicativo Mitfokus.

Logo, o aplicativo é indispensável se você deseja ter praticidade em sua rotina financeira. É a contabilidade na palma da sua mão!

Isso porque na tela inicial, você já consegue visualizar o faturamento do mês, o valor dos impostos e o quanto economizou. Confira alguns dos benefícios da ferramenta:

Emissão de notas fiscais com o aplicativo Mitfokus

Com o aplicativo Mitfokus você emite notas fiscais com poucos cliques, basta copiar os dados da última nota fiscal emitida para o cliente selecionado, ou emitir a nota seguindo o passo a passo da emissão.

Gestão de documentos e notificações de vencimento de impostos

Mantenha todos os documentos da sua empresa em um só lugar. E para ficar com as contas em dia, é só utilizar o calendário de impostos, onde é possível identificar os tributos pagos e a vencer.

Além disso, ao adicionar um documento e quando um boleto estiver próximo do vencimento, você será notificado! Garantindo assim, o cumprimento dos prazos e a eficiência no pagamento dos impostos.

Ademais, acesse boletos, copie códigos de barras e compartilhe documentos para outros canais da sua preferência, como WhatsApp, na opção “últimos documentos adicionados”.

Simplifique a gestão financeira e contábil da sua PJ médica com o aplicativo Mitfokus.

Histórico de Notas Fiscais

No aplicativo Mitfokus você também consegue gerenciar as notas fiscais emitidas pela PJ médica e identificar as NFs autorizadas, canceladas ou rejeitadas.

Inclusive, visualizar o valor total da nota fiscal e os impostos retidos de cada profissional na unidade de saúde, podendo ainda, revisá-la alterando a data e adicionando uma descrição.

Além disso, pode filtrar as informações para acessá-las mais rapidamente, podendo, por exemplo, obter informações por “cliente”, por “número de nota fiscal” ou por “data de emissão”. 

Esse e outros recursos te esperam. Não perca mais tempo!

Para facilitar o seu dia a dia e garantir a saúde financeira da sua PJ médica, utilize o aplicativo Mitfokus, disponível nos sistemas iOS (Iphone) e Android.

Dessa forma, você economiza tempo para investir no que realmente importa: a sua prática médica. Para saber mais, fale com um consultor da Mitfokus. 

Posted by Imprensa Mitfokus in Contabilidade para médicos, Tecnologia na medicina, 1 comment
Médico pode atuar como MEI?

Médico pode atuar como MEI?

Além dessa opção não ser viável, por conta do limite de faturamento muito baixo, existem outras modalidades mais vantajosas para os profissionais da área

Médico pode atuar como MEI? Após a conclusão da faculdade, os recém-formados em medicina têm várias opções de carreira para escolher.

Entre elas, podem tentar uma residência médica, se dedicar a uma pós-graduação, prestar concurso público, trabalhar como médico generalista na iniciativa privada ou abrir um consultório próprio. No entanto, uma pergunta frequente surge: afinal, médico pode atuar como MEI (microempreendedores individuais)?

Não, não podem. A profissão é regulamentada, e como o faturamento máximo para atuar como MEI é de R$ 81 mil por ano, valor este considerado baixo para os médicos, não há possibilidades de atuar como microempreendedor individual.

Então como você deve abrir uma empresa?

Se você recém concluiu a graduação, uma das melhores opções é a Sociedade Limitada Unipessoal (SLU), uma forma de sociedade que também não exige a presença de sócios.

Ela foi criada a partir da extinta Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (Eireli) e requer que você tenha um capital social de pelo menos 100 salários mínimos vigentes. Essa opção apresenta várias vantagens, incluindo a separação do patrimônio empresarial e pessoal.

Ademais, outra vantagem desse tipo de modalidade para você é que não há exigência de valor mínimo para abertura, abrange a Medicina, permite adesão ao Simples Nacional, entre outras.

O modelo de contrato para SLU, um dos mais baratos para os médicos, inclui:

  • dados pessoais completos do proprietário da empresa, incluindo os números dos documentos;
  • nome do negócio (razão social);
  • endereço completo de onde a empresa está sediada;
  • atividade da empresa, constante no Código Nacional de Atividades Econômicas (Cnae);
  • capital social;
  • descrição das responsabilidades do empreendedor;
  • sua cota de participação na empresa;
  • caracterização sobre o tipo de remuneração;
  • encargo quanto à elaboração do balanço patrimonial; 
  • enquadramento jurídico.

E como escolher o regime tributário para essa empresa?

O próximo passo é escolher o regime tributário, um conjunto de leis e regulamentos que determinam como a empresa deve calcular os tributos devidos. No Brasil, para as empresas médicas, há três tipos de regimes de tributação que podem ser adotados: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

O Simples Nacional, como o nome sugere, é direcionado a microempresas e empresas de pequeno porte. Sua finalidade é simplificar a burocracia dos negócios, reduzindo a carga tributária e unificando os impostos em um único pagamento, através da guia DAS. Uma das principais regras para aderir ao Simples Nacional, é ter um faturamento anual de até R$4,8 milhões.

Já o Lucro Presumido é a escolha certa para médicos ou clínicas que possuem um faturamento anual de até R$ 78 milhões. Nesse regime, a Receita Federal utiliza percentuais fixos pré-determinados para cada atividade econômica. Esses percentuais são aplicados sobre a receita bruta da empresa, resultando no lucro presumido, que serve de base para o cálculo dos impostos. As alíquotas são estabelecidas de acordo com a atividade exercida, garantindo um método simplificado para determinar a carga tributária da empresa. 

Se você realiza exames ou procedimentos, tem direito a um benefício fiscal previsto em lei, para reduzir a presunção da base de cálculo dos impostos.

Por fim, o Lucro Real é obrigatório para quem tem ganhos acima de R$ 78 milhões. Normalmente, ele é utilizado por empresas de grande porte e multinacionais. Para elas, a tributação é calculada em concordância com o lucro líquido obtido durante o ano. 

A importância de contar com uma contabilidade especializada na área médica

Independentemente do modelo tributário que você escolher e do enquadramento do negócio, é fundamental que você se mantenha atento sobre o faturamento, obrigações e as despesas que terá a curto, médio e longo prazo, calculando corretamente o lucro e os tributos a serem pagos.

Como essa situação pode variar de um mês para o outro, o ideal é contar com uma contabilidade médica, como a Mitfokus, que há 6 anos auxilia médicos, consultórios e clínicas de todo o Brasil, a ter eficiência financeira em um mercado tão concorrido e inovador.

Porque não basta ser um excelente médico, você precisa também fazer uma excelente gestão contábil e financeira, e é isso que a Mitfokus ajuda a fazer da melhor forma.

Posted by Imprensa Mitfokus in Abertura de CNPJ médico, Conteúdo para Médicos, 0 comments
Simples nacional: descubra se optar por esse regime é a melhor escolha

Simples nacional: descubra se optar por esse regime é a melhor escolha

Entenda como funciona o regime tributário e suas vantagens

Ao abrir uma empresa, o médico deve optar por um regime tributário, uma decisão que terá impacto no pagamento de seus impostos, o cálculo dos tributos, e aspectos como o limite de faturamento e o porte da empresa. Uma das opções, é o Simples Nacional, regime tributário criado em 2006 pelo Governo Federal para reduzir a burocracia e a carga tributária das micro e pequenas empresas, com um sistema unificado para recolhimento de tributos.

Quem pode optar pelo Simples Nacional

Dentre os requisitos, para ingressar nesse regime tributário, é necessário que a empresa médica se enquadre na categoria Micro Empresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP), determinado com base no faturamento da empresa. São consideradas ME as empresas com receita bruta igual ou inferior a R$360 mil e EPP aquelas com receita igual ou inferior a R$ 4,8 milhões.  

Também só é possível ser Simples Nacional se a empresa atender os pré-requisitos da legislação como, por exemplo, não possuir débitos junto à Receita Federal, estadual, municipal e/ou previdenciária.

Vantagens do Simples Nacional

Uma das grandes vantagens, é o pagamento do imposto unificado, pois com apenas uma única guia (DAS), você consegue fazer o pagamento de diversos tributos. Isso facilita muito para o médico. 

Outra vantagem é a aplicação da tabela de alíquotas reduzidas de impostos, calculadas com base no faturamento do negócio. Essa modalidade proporciona uma carga tributária mais leve e proporcional ao porte da empresa, o que é especialmente vantajoso para as ME e EPP. 

Além disso, empresas do Simples Nacional, têm menos declarações a fazer, se comparadas com outros regimes tributários, tornando a gestão mais fácil.

A importância de uma contabilidade médica

Por mais que o Simples Nacional tenha sido criado para facilitar a vida dos empreendedores, a escolha do regime tributário é uma decisão complexa, e para enquadrar a empresa, é preciso estar dentro de todas as regras.

Por isso, é fundamental contar com o auxílio de uma contabilidade médica, para que seja feita uma análise minuciosa levando em conta o modelo de negócio, previsão de receita e outros critérios, para assim, abrir a PJ médica e enquadrar a empresa no regime tributário certo. 

Posted by Imprensa Mitfokus in Abertura de CNPJ médico, Conteúdo para Médicos, 0 comments
Empresa médica: você sabe qual é o requisito fundamental para abrir a sua?

Empresa médica: você sabe qual é o requisito fundamental para abrir a sua?

Ao não contar com o auxílio de um especialista para começar a carreira médica, a saúde do negócio pode ser comprometida em curto prazo

Abertura de empresa médica. Existem, em todo o Brasil, cerca de 214 mil médicos em atuação. E todos os anos, as faculdades de Medicina formam aproximadamente 40 mil novos profissionais, conforme aponta a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e a Associação Médica Brasileira (AMB), no estudo Demografia Médica no Brasil 2023

O curso superior é o com maior duração e carga horária do Brasil, com uma média de 7.200 horas, e concluí-lo pode até parecer, mas não é uma tarefa fácil.

São longos períodos de estudo, noites sem dormir, pressão constante, responsabilidade, conhecimento e atualização.

Depois do tão sonhado bacharelado, e com o diploma em mãos de médico generalista, é natural que o recém-formado tenha dúvidas sobre o que fazer. Tentar residência? Continuar estudando e se especializar em uma área? Abrir um consultório?

A verdade é que são vários os caminhos para o profissional potencializar sua carreira. Entre eles, um dos mais buscados é o empreendedorismo.

Contudo, como nas faculdades de medicina o estudante normalmente não aprende sobre contabilidade e nem sobre o que é necessário para se abrir – e manter uma empresa saudável em um mercado em constante evolução, se ele decidir trilhar esse caminho sozinho o resultado pode ser catastrófico. 

Para que isso não aconteça, então, o primeiro passo para o médico que deseja abrir uma clínica ou consultório, seja sozinho ou com sócios, quando sair da faculdade, é contar com a ajuda de profissionais especializados.

Especializados em quê? Em contabilidade médica.

Isso é extremamente importante, primeiro porque após anos de estudo em medicina e total preparo para a prática médica, é claro que o médico não usará seu tempo escasso para se aprofundar em assuntos que não sejam de sua área de atuação, certo?

Depois, como criar um Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) só é o passo número um para quem abre uma empresa, contar com uma contabilidade especializada na área, é essencial para que o negócio tenha saúde financeira.

Ademais, você precisa sempre estar atento à busca de inovações para seus pacientes, com o propósito de lhes favorecer com a melhor experiência possível, uma contabilidade especializada ajuda – e muito – neste sentido. 

Desde a abertura do CNPJ, análise do melhor regime tributário, até a gestão contábil e financeira do negócio. A Mitfokus cuida de tudo, para você ter tempo e dinheiro para investir no que realmente importa: a sua prática médica.

Para abrir sua empresa médica com a Mitfokus, acesse aqui.

Posted by Imprensa Mitfokus in Abertura de CNPJ médico, Conteúdo para Médicos, 0 comments
A sua clínica médica está pagando imposto a mais? Descubra

A sua clínica médica está pagando imposto a mais? Descubra

Saiba como evitar que o seu negócio perca dinheiro e entenda como aumentar a lucratividade

Toda empresa precisa pagar impostos e com o negócio médico não é diferente. Mas, será que a sua clínica médica está pagando imposto a mais? De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), divulgados pelo site Impostômetro, cerca de 95% das empresas pagam mais impostos do que deveriam.

Isso porque a legislação tributária brasileira é muito complexa, com mais de 40 mil leis tributárias em vigor. É necessário manter os tributos em dia para continuar o trabalho dentro da lei, mas, não é certo e nem justo com você, médico, pagar mais impostos do que deveria. Por isso, atente-se a essas dicas para saber se a sua empresa médica está pagando impostos de maneira adequada.

Alíquota efetiva do IR

É preciso que os médicos saibam a alíquota efetiva, que é o percentual final de imposto de renda que vai incidir sob os seus rendimentos. Por exemplo, quanto a empresa paga por faturar R$ 100 mil por mês? Este é o ponto de partida. “Tem profissionais que não sabem responder a esta pergunta básica, que deve ser compreendida por todos que decidem empreender na área médica”, afirma Júlia Lázaro, CEO e fundadora da Mitfokus.

Além disso, entender a alíquota efetiva do imposto ajuda a identificar possíveis problemas ou oportunidades de economia fiscal. Se você descobrir que está pagando uma taxa muito alta de imposto em relação à sua renda, pode ser necessário uma análise para ajustar sua estratégia fiscal e reduzir a sua carga tributária.

Por outro lado, se você descobrir que está pagando menos impostos do que esperava, pode ser uma oportunidade para aumentar sua renda ou aproveitar mais deduções fiscais.

Regime tributário

Outro ponto é saber qual o melhor regime tributário para a clínica, se Simples Nacional ou Lucro Presumido. Para ser enquadrada no Lucro Presumido, por exemplo, a empresa médica precisa ter uma receita bruta anual de até R$ 78 milhões/ano.

Em contrapartida, no Simples Nacional, o rendimento é de até R$ 4,8 milhões/ano. Hoje, o Simples Nacional está dividido em cinco anexos, distribuídos conforme o tipo de atividade, com seis faixas de receitas e diversas alíquotas distintas.

Para saber em qual anexo se enquadra a sua clínica médica, é importante contar com um contador especializado na área médica, pois somente com uma análise detalhada das atividades exercidas pela empresa é possível encontrar o melhor enquadramento e evitar problemas futuros com a fiscalização.

Planejamento tributário

O planejamento tributário é uma estratégia que busca otimizar a carga tributária da empresa, identificando as melhores formas de reduzir o valor dos impostos pagos e evitar problemas com o Fisco.

Sem plano estratégico, operacional e corretivo, a empresa fica vulnerável ao pagamento incorreto de tributos e multas, ocasionando até mesmo problemas de imagem (reputação). E se o pagamento de impostos por si só já é uma atividade que gera preocupação, imagina quando existe a bitributação? 

Isso é muito comum ocorrer na área médica, que é quando dois direitos públicos (seja União, Estado ou Município) cobram da Pessoa Física ou Jurídica o mesmo tributo. Isso ocorre, por exemplo, quando uma clínica fica localizada na fronteira de dois estados. Ela pode ser taxada pelas duas regiões, e isso pode comprometer o fluxo financeiro da empresa.

Então, para evitar essa bitributação e outros problemas relacionados ao pagamento de impostos a mais, é essencial que a empresa coloque na ponta do lápis todas as informações, como receita bruta da pessoa física e jurídica, faturamento, fluxo de despesas operacionais, serviços prestados, margem de lucro, atual situação financeira da empresa, entre outros pontos. Neste caso, contar com uma contabilidade médica é primordial.

Gestão financeira e fiscal

Atualmente, é imprescindível contar com uma plataforma para fazer a gestão financeira e fiscal de uma clínica médica. Com uma solução inteligente, é possível emitir notas fiscais com praticidade, fazer a gestão segura de documentos, acompanhar o faturamento, ver sua economia em impostos, e muito mais. 

Para ser ainda mais assertivo, um time de especialistas na área médica auxilia a escolher o plano mais adequado para o seu negócio, tudo 100% online.

Para saber se a sua clínica médica está pagando imposto a mais, entre em contato conosco clicando aqui.

Posted by Imprensa Mitfokus in Conteúdo para Médicos, Pagar menos impostos, 0 comments
Contabilidade médica é essencial para ter eficiência financeira

Contabilidade médica é essencial para ter eficiência financeira

Seja para propagar sua carreira ou se manter em dia com as obrigações fiscais, é fundamental ter um time contábil de qualidade aliado à tecnologia

Contabilidade médica: Na medicina, a pejotização tem sido um caminho bem percorrido, porque cedo ou tarde o médico precisará ter um CNPJ para trabalhar em hospitais ou clínicas. Ou mesmo para abrir um consultório ou formar uma sociedade. E então, por mais que você trabalhe como um prestador de serviços, é seu objetivo promover saúde financeira para si e para esse CNPJ, que é a sua empresa. 

E esse progresso envolve arcar com o pagamento de impostos, taxas e contribuições sem perder prazos; conhecer as regulamentações fiscais; saber qual regime tributário optar todo começo de ano; se planejar do ponto de vista tributário para evitar erros e multas e várias outras atividades complexas.

Fato é que um profissional que se forma em Medicina, normalmente não estuda sobre contabilidade durante a graduação. Portanto, para ele, atuar como PJ vai muito além de suas atribuições profissionais. 

Assim, ele normalmente busca contratar os serviços de um contador generalista, que não está preparado para lidar com as especificidades da área médica e, como consequência, o médico acaba não aproveitando benefícios fiscais específicos para sua atuação, e tem perdas financeiras enormes devido a erros tributários. Logo, inconscientemente ele pode estar colocando em risco sua eficiência financeira e a possibilidade de sua atividade se manter sustentável no mercado ao longo de toda a carreira.

Assim surgiu a Mitfokus, da dor de um médico que pagava muitos impostos.  Fundada por Julia Lázaro, especialista em planejamento tributário para médicos, a empresa carrega em sua essência a insatisfação com o mercado de soluções contábeis generalistas e pouco eficientes para médicos.

A Fintech conta com um ecossistema contábil que envolve um time de experts na área médica, e uma plataforma inteligente com gestão fiscal e financeira integradas, que permite ao médico emitir notas fiscais facilmente, acompanhar o demonstrativo de sua produção médica com seu faturamento, os impostos e o quanto economizou, fazer a gestão segura de documentos, entre outras funcionalidades. 

Tudo isso, com o objetivo de entregar eficiência financeira para os médicos. Com a Mitfokus, você economiza tempo e dinheiro para investir no que realmente importa: a sua prática médica.

Para saber mais sobre a contabilidade médica da Mitfokus, clique aqui.

Posted by Imprensa Mitfokus in Contabilidade para médicos, 0 comments